Como Reduzirão a População Mundial?



Venha conhecer o nosso canal de Ufologia

Um recente estudo publicado pelo Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS) 

sobre a presença de medicamentos farmacêuticos na água de torneira do país estabelece uma pista demolidora sobre como poderia se reduzir a população mundial de forma drástica... e sem necessidade de realizar "manobras apocalípticas".

Durante anos, inúmeros meios alternativos focados na área da saúde têm advertido aos seus leitores que os resíduos de medicamentos farmacêuticos persistem na água da torneira.
Bem, o estudo do USGS confirmou que os anticoncepcionais estão entre esses medicamentos da água, o que ameça uma possível epidemia de infertilidade generalizada nos próximos anos.

Publicado na revista Scientific Reports, o estudo do USGS observou que os efeitos do hormônio sintético 17a-etinilestradiol ou o EE2, um aditivo comum na maioria das pílulas contraceptivas, sobre o peixe japonês medaka, exposto a ele através da água ingerida durante sua primeira semana de desenvolvimento.  



 O mais curioso é que o peixe exposto ao hormônio e seus descendentes imediatos, não pareceram afetados em nada pelos vestígios de hormônio na água.

O problema veio depois: foi a segunda geração que se viu afetada.

De acordo com o National Catholic Register, a segunda geração de peixes Medaka expostos ao hormônio EE2, experienciou dificuldades para fertilizar seus ovos, sofrendo uma redução surpreendente de 30% na capacidade de reprodução.



Seus embriões também eram muito menos propensos a sobreviver do que seus pais. Os que sobreviveram, ou seja, a terceira geração de peixes, também sofreram com os efeitos da exposição ao hormônio 17a-etinilestradiol,, mostrando um deterioramento de 20% nas taxas de fecundação e sobrevivência.

"Este estudo mostra que apesar dos disruptores endócrinos não poderem afetar a vida dos peixes expostos, pode afetar negativamente as futuras gerações", explicou o principal autor do estudo, Ramji Bhandari, um cientista do USGS visitante da Universidade do Missouri. "Se forem observadas tendências similares nas gerações posteriores, pode-se esperar uma severa diminuição no número total da população da quarta geração."

Veja também:

Oficial Grey Alien cinzento, contrabandeado para fora da Área 51


                                   
venha conhecer o nosso canal ufologia LanDroid, clique na imagem do YouTube para ser redirecionado