Revelação Extraterrestre causaria pânico, diz Ministro Russo


Além de inúmeros outros políticos, o Vice-Ministro Russo Dmitry Rogozin tem falado abertamente sobre civilizações extraterrestres, embora afirme que a Rússia não oculta informações sobre UFOs e vida alienígena. Será que a sociedade está sendo preparada para a divulgação
 
Dmitry Rogozin, vice-primeiro-ministro no governo Russo que veio ao Brasil em 2014 para tratar relações com a empresa Embraer.

De acordo com o vice-premiê russo, Dmitry Rogozin, o governo russo não esconde qualquer informação sobre o contato com objetos voadores não identificados.
Em uma entrevista, Rogozin falou sobre civilizações extraterrestres e que a busca de vida inteligente em outros lugares do universo é um dos principais objetivos da Agência Espacial Russa como relata RIA Novosti.

“Um dos maiores dilemas da comunidade científica e da humanidade é se estamos ou não sozinhos no Universo. Se em algum lugar lá fora, e outras civilizações inteligentes. Dada a infinidade de espaço e tempo, tudo é possível “, disse Rogozin.

O vice-primeiro ministro também acrescentou que o governo russo não esconde qualquer informação sobre o contato com objetos voadores não identificados, sugerindo que o governo russo não tem nada a esconder quando se trata de contato alienígena.

No início deste ano, em janeiro, a Agência Central de Inteligência (CIA) publicou centenas de documentos desclassificados sobre UFOs e vida extraterrestre. A maioria dos arquivos contêm imagens dos 40 e 50 anos e pertencem ao arquivo digital da agência. Enquanto a CIA não revela qualquer informação sobre contatos ou não a agência ou o Governo dos Estados Unidos estabeleceu com seres extraterrestres, os arquivos desclassificados mostram a seriedade com que o governo dos EUA tem tratados estes fenômenos.

Nos últimos dois anos, ufólogos e entusiastas de OVNIs foram capazes de dar uma olhada em inúmeros arquivos governamentais desclassificados sobre UFOs e o inexplicável contato com objetos voadores misteriosos.
Renomadas pessoas como o astronauta Edgar Mitchell, já deixaram bem claro não suas opiniões, mas sim experiências com seres de outros planetas.

No ano passado, o ex-astronauta Edgar Mitchell, o sexto homem a andar na lua afirmou que chefes militares viram veículos extraterrestres observar teste de armas nucleares no Novo México White Sands, em 1945.
 
O ex-astronauta afirmou que seres extraterrestres intervieram na Segunda Guerra Mundial para evitar uma guerra nuclear catastrófica entre os Estados Unidos e a União Soviética. Mitchel também afirmou que “eles” tinham abatido mísseis nucleares de teste para prevenir ambas as nações de entrar em um conflito nuclear.

“Minha experiência conversando com as pessoas, deixou claro os ETs estava tentando nos impedir de ir para a guerra e ajudar a criar a paz na Terra. Outros oficiais a partir de bases na costa do Pacífico disse-me que seus mísseis eram frequentemente derrubados por espaçonaves alienígenas.”
Vice-premiê russo Dmitry Rogozin é um dos muitos funcionários governamentais que têm discutido a vida alienígena nos últimos tempos.

Em 2013, o ministro Primer russo, Dmitry Medved curiosamente confirmou a existência de vida extraterrestre inteligente, em uma breve entrevista enquanto estava longe de câmeras de televisão:
“Digo-lhes a primeira e última vez. Juntamente com uma mala nuclear do presidente tem uma pasta, que é top secret e inteiramente dedicada ao relatório do serviço secreto russo que lida com o controle de extraterrestres em nosso país. Após o prazo, as duas pastas e uma mala nuclear pequena são transferidas para o novo presidente. Eles estão entre nós, Eu não posso anunciar isso porque o pânico poderia começar “.

Fontes: Giza Death Star; Telegraph

Compartilhe e avante:


Venha conhecer o nosso canal de Ufologia 

Veja também:

Nióbio – O Ouro que o Brasil dá aos estrangeiros

 

Gostou ? Então siga o nosso facebook

você vai adorar

 

 

Venha conhecer o nosso Instagram: ufologia_landroid

 

Ajude o Blogger em qualquer valor será de grande ajuda.